Território Inimigo
Literatura, História, Museologia e Numismática. Sítio de Goulart Gomes, o criador do Poetrix.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Meu Diário
11/09/2012 06h02
PALAVRAS QUE LIBERTAM 101: Tesouros intangíveis

Tesouros intangíveis

 

Para que o novo se instale em tua vida, é preciso abrir mão do velho. Procure nos escaninhos da tua alma os comportamentos, as crenças, os sentimentos que se incrustaram ao teu redor, no teu íntimo e retira um a um com coragem de quem sabe dar um salto de trampolim na certeza de que será acolhido pelas águas, na confiança da força do teu corpo físico e do teu emocional.

Nada é preciso nesta vida. Não temos garantia de nada. Por mais que uma situação pareça segura, ela pode se desmoronar e virar ruínas, pó. A única segurança que possuis, a tua verdadeira âncora são teus valores morais, a tua fé, os teus talentos, a esperança, a sabedoria. Estes serão permanentes na tua caminhada de alma eterna. Ninguém poderá roubá-los.

Assim quando tudo parecer ruir à tua volta, olha para dentro, perscruta teus tesouros intangíveis, te apoia neles e faça com que movimentem tua vida, levando-te à paz e à bem-aventurança.

Por mais que a tempestade te ameace, firma-te no bastão do teu poder interno. Ele pode te apoiar em qualquer situação adversa, por mais grave que pareça. As dificuldades estão aí para testá-lo dia a dia. Cabe a ti mobilizar as forças internas para que cada obstáculo seja superado com dignidade, sem queixas, com coragem. E que o aprendizado da luta seja o grande troféu a ser conquistado. O prêmio que não pode ser roubado.

A riqueza está em ti. Saiba acioná-la que nada te faltará.

Luz e paz!

Maria Rosa

(mensagem psicografada pela médium Cristina Barude, Salvador, 23.08.12)

 


Publicado por Goulart Gomes em 11/09/2012 às 06h02
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Cristina Barude). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.